Ligue para:
(65) 3644-2559
65 8102-3031

Ampara realiza caminhada em prol da adoção

A Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), juntamente com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso, deu início à Semana da Adoção neste domingo (20 de maio), com a realização da Caminhada da Adoção no Parque das Águas.
Dezenas de pessoas compareceram ao parque para dar visibilidade ao tema, que ainda é visto com certo equívoco pela sociedade, conforme aponta a presidente da Ampara, Sabrina Liberato.
O nosso intuito é convidar a sociedade para desmistificar o tema da adoção. Existem mitos e preconceitos com relação à adoção e o nosso objetivo é mostrar para a sociedade que somos famílias normais como todas as outras”, observa.
Uma das participantes da caminhada foi a juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, da 9ª Vara Criminal de Cuiabá, que levou seu filho adotivo, Gabriel, e o marido para aproveitar o momento especial.
“É sempre importante divulgar esses eventos para estimular a adoção, principalmente das crianças maiores, que são as que mais sofrem nos lares”, frisa a magistrada. Falando de sua experiência pessoal com a adoção, Renata do Carmo afirma que “é um ato de amor, não só nosso para com ele, mas dele para nós. Nossa realização no campo pessoal é muito grande, é uma felicidade muito grande a presença dele na nossa vida”, destaca a magistrada.
A secretária Danilze Souza e seu marido estão no cadastro de pretendentes à adoção junto ao Poder Judiciário e participaram da caminhada. “Eu sempre tive vontade de adotar uma criança porque eu tenho um tio adotado e isso sempre me despertou interesse. Além disso, há três anos estamos tentando gerar um bebê e até agora sem sucesso, então decidimos optar por entrar na fila”, explica.
O perfil escolhido pelo casal foi de uma criança de zero a dois anos e negra. “Pelo fato de não termos filhos ainda, acredito que é melhor para adaptarmos com a criança. Também colocamos a opção de criança negra porque eu sempre achei lindas as crianças negras e a sociedade discrimina essas crianças. Mesmo se vierem nossos filhos biológicos, vamos continuar com a intenção de adotar”, ressalta Danilze.
Após a caminhada, as famílias se reuniram em um grande piquenique ao entardecer.
A programação da Semana da Adoção continuou nesta segunda-feira (21 de maio) com a solenidade de premiação do concurso de redação realizado com estudantes do 5º ao 9º ano no Tribunal de Justiça. Duas ações estão reservadas para a sexta-feira (25 de maio), data em que se comemora o Dia Nacional da Adoção. Às 9h será realizada uma sessão solene na Câmara dos Vereadores e o Baile da Família Adotiva, às 22h, na Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam).
Mylena Petrucelli/Fotos: Tony Ribeiro (F5)
Coordenadoria de Comunicação do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
(65) 3617-3393/3394/3409

Deixe seu Comentário